Serígrafo, nunca desista!

Publicado em: 24 de julho de 2016

No Brasil, conduzir um negócio não é apenas difícil: é hostil. Você acaba sendo atacado por todos os lados. Se for forte e decidido, você vai superando cada uma das barreiras, uma após a outra, enquanto muitos concorrentes vão ficando pelo caminho. Agora, ao abrir uma estamparia você encontra um outro desafio: dificuldades técnicas.

Todos os dias recebo mais de 100 mensagens através do email, facebook, youtube, de iniciantes em serigrafia pedindo ajuda técnica. “Minha estampa está com furinhos”, “borrou”, “a tela não abriu”, “a tela abriu demais”, “a estampa soltou na lavagem”, etc, etc. Em muitas dessas situações as pessoas estão a apenas um passo de distância de desistir. Nesses casos eu pergunto “você ainda se lembra o motivo que o fez começar na serigrafia?” A resposta à essa pergunta é bastante pessoal e varia de pessoa a pessoa, mas uma vez que elas conseguem puxar na memória sua motivação primordial, eu digo “Nunca desista”:

As dificuldades e desafios são diários na construção de um negócio. E na serigrafia não é diferente. É arriscado, é complicado. Colocar todo seu dinheiro no mercado de ações é menos arriscado que iniciar uma pequena estamparia: quem conduz empresas melhor? Eu, você ou os cabeças da Ambev, do Itaú?

Agora, ao decidir se arriscar nesse mundo do empreendedorismo, você o fez com algum objetivo em mente. Algum sonho, algum desejo. Sempre lembre o que era isso. Essa motivação, esse objetivo, esse desejo vão fazer você atravessar qualquer dificuldade técnica, burocrática ou fiscal que você enfrentará diariamente. E sobre a parte técnica, você pode sempre contar comigo no Puxando Rodo para te auxiliar: esse conteúdo é feito exatamente para isso. Abração e vamos pra cima!

Na estampa do vídeo:

– Filmes impressos em laser film
– Matrizes com tecido 62 fios amarelo
– Emulsão verdinha bicromatada, Gênesis
– Branco super cobertura da Gênesis
– Cores hidrocryl mix (ouro e perolizado) Gênesis

0 Comentário Visualizações: 860

Compartilhe

Mais artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *