O que é arte chapada, retícula, policromia?

Publicado em: 17 de novembro de 2016

Muitos serígrafos iniciantes se confundem sobre os termos da serigrafia, principalmente os termos usados para classificar imagens. E isso não é estranho. Eu mesmo tinha muitas dúvidas sobre isso quando comecei.

Imagem sólida, retícula, cromia, policromia… O que é tudo isso? É sobre esse assunto que vamos conversar hoje. Vamos entender de uma vez por todas os tipos de imagens de serigrafia:

As imagens que não apresentam sombras, degradês, meio tons, são as imagem chapadas. No mercado também são conhecidas como imagens sólidas, pela falta de sombras, e também são chamadas de vetores (apesar, de muitas vezes, isso ser um erro: nem toda imagem chapada é um vetor).

Quando você encontra uma imagem com sombras, degradês, dizemos que é uma imagem de meio tom. Como essa: http://puxandorodo.com/monocromia-em-serigrafia/

Quando você encontra uma imagem com sombras e cores, você já pode a chamar de cromia. Simulados, indexados, quadricromias, hexacromias, são todas formas de cromia, e chamar qualquer uma dessas técnicas de policromia não é um erro.

Veja um exemplo de uma quadricromia: http://puxandorodo.com/quadricromia-em-camiseta-preta-space-panda/

Veja um exemplo de uma policromia simulada: http://puxandorodo.com/simulado-em-camiseta-jimi-hendrix/

Se você tiver alguma dúvida, me envie sua pergunta: quem sabe eu não a respondo em formato de vídeo?
Você acha que esse vídeo pode ajudar mais alguém? Se sim, divulgue! Esse apoio me dá um mega gás para grava mais e mais dicas 🙂

0 Comentário Visualizações: 2598

Compartilhe

Mais artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *