Com quais tintas começar na serigrafia?

Publicado em: 3 de novembro de 2016

No mercado de suprimentos para serigrafia há uma grande quantidade de cores à sua disposição. Amarelo, laranja, vermelho, marrom, dourado, prata, fluorescentes, etc, etc. O iniciante, já imaginando a quantidade de estampas que deseja produzir faz uma compra boa, grande e volta feliz para a garagem.

Será que é necessário comprar todas essas tintas? Vamos conversar um pouco sobre isso no vídeo:

Nas primeiras aulas da pré escola, você com certeza já brincou com tintas. Talvez faça tempo demais e você não se lembre que se misturar tintas de cores diferentes, você consegue outras cores! Vale dar uma relembrada nisso no vídeo que gravei sobre o círculo RBY: http://puxandorodo.com/como-misturar-tintas-para-alcancar-outras-cores-serigrafia/

O círculo RBY (red, blue, yellow) usa como cores primárias: vermelho, azul, amarelo. Misturando apenas vermelho e amarelo, você consegue uma grande quantidade de amarelos, vermelhos e laranjas possíveis. Misturando um pouco de preto ou branco nessas cores possíveis, você consegue marrons, tons de pele, dourados. Ao misturar vermelho e azul, o mesmo: uma enorme quantidade de cores possíveis se abre pra você. Vale muito a pena assistir o vídeo que gravei sobre o círculo RBY.

Então, se você consegue misturar amarelo e vermelho, você não precisa comprar uma lata de tinta laranja. Se consegue misturar amarelo e azul, não precisa de uma lara de verde bandeira.

Então, se você está começando, recomendo que comece com apenas 5 tintas:

– Vermelho
– Azul
– Amarelo
– Preto
– Branco

Se seu objetivo é imprimir tecido (camisetas, bags, capas de almofada, etc) recomendo as tintas base d’água de cobertura alta (como as tintas hidrocryl mix da Gênesis, por exemplo). Você está começando: deixe pra mexer com corrosão, plastisol e cromias, quando você já estiver pronto pra subir esses degraus.

Há quem argumente que é ainda melhor comprar logo baldes de 5 quilos de laranja, ou verde, porque a produção demanda isso. Ou que é mais útil comprar 25 quilos de tinta incolor e pigmentar. Faz sentido para quem imprime em larga escala e os potes de tinta mal têm tempo de serem fechados. Mas para quem está começando as primeiras puxadas seria o equivalente a fazer uma fogueira com notas de cem.

E aí, gostou? Com esse post você pode ter economizado uma graninha, evitando descobrir daqui um ano um pote de verde bandeira mofado que não foi usado. Que tal você compartilhar a dica com algum outro serígrafo?

Abração!

0 Comentário Visualizações: 2035

Compartilhe

Mais artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *